Colírio para Glaucoma, Indicações, Tratamento

Problemas de visão é muito comum nos seres humanos, especialmente depois dos 40 anos. Estes problemas podem até serem resolvidos facilmente com o uso de óculos ou mesmo de lentes de contato, mas alguns desses problemas como o Glaucoma são mais graves e precisam de tratamentos mais complexos.

O que é

O Glaucoma é uma doença que atinge o nervo óptico e envolve a perda de células da retina responsáveis por enviar os impulsos nervosos ao cérebro. Em geral, a pressão intra-ocular se torna a principal causa para que o Glaucoma se desenvolva, porém, não podemos afirmar que exista uma ligação direta da pressão intra-ocular com essa doença.

Devemos saber que existem pessoas que apresentam danos no nervo com pressão intra-ocular muito baixa enquanto que outras pessoas podem ter uma pressão intra-ocular bem elevada e viverem anos sem apresentar essas lesões.

O que provoca o Glaucoma

Em geral, o aumento da pressão intra-ocular acontece por conta de uma lesão no nervo óptico, o que caracteriza o Glaucoma. A pressão acontece por que ocorre um aumento de líquido ao qual denominamos de “Humor Aquoso” que é produzido na parte anterior do olho.

Além disso, o problema pode acontecer devido a deficiência na drenagem do olho através do seu canal. Quando o Glaucoma acontece já nas crianças, nem sempre existe um sintoma aparente e mesmo assim, essas crianças podem sofrer algum dano no nervo óptico.

Quando há um bloqueio desse fluido do olho, este provoca o aumento da pressão ocular. Na maioria dos casos de glaucoma, essa pressão está elevada e provoca danos no nervo óptico.

Sintomas Observados

O Glaucoma é uma doença que nem sempre apresenta sintomas e, além disso, pode ser classificada em tipos diferentes. Com isso, também os sintomas variam bastante, vamos a eles.

Glaucoma de Ângulo Aberto

  • Para esse tipo de Glaucoma a maior parte dos pacientes não apresentam nenhum sintoma até que se dá o início da perda da visão
  • Com o passar dos anos ocorre a perda gradual da visão periférica natural

Glaucoma do tipo Ângulo Fechado

  • Dor grave e repentina no olho
  • Visão embaçada
  • Dificuldade para enxergar
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Vermelhidão nos olhos
  • Aparência inchada nos olhos

Glaucoma tipo Congênito

Quando acontece o Glaucoma Congênito grande parte dos sintomas são percebidos logo aos primeiros meses de vida

  • Sensibilidade à luz
  • Vermelhidão nos olhos
  • Nebulosidade na parte frontal do olho
  • Lacrimação em excesso
  • Aumento de um olho ou ambos

Colírio Timolol

Timolol é um colírio para Glaucoma recomendado para diminuir a pressão intra-ocular elevada e em geral tem uma ação rápida. Os efeitos podem ser sentidos após 20 minutos da aplicação.

Substância ativa – cada ml do colírio (30 gotas) contém 5 mg de Timolol.

Como usar o colírio – a dosagem geralmente recomendada pelo oftalmologista é de 1 gota de colírio sobre o olho afetado, 2 vezes ao dia.

Efeitos adversos – entre os efeitos adversos que o Timolol pode oferecer, destacamos:

  • Queimação e pontadas
  • Alteração na visão
  • Ressecamento e vermelhidão dos olhos

Ainda poderá acontecer:

  • Formigamento
  • Tonturas
  • Cefaleia
  • Insônia
  • Perda da memória
  • Falta de ar
  • Diminuição no desejo sexual
  • Distúrbios estomacais
  • Irregularidades nos batimentos cardíacos
  • entre outros efeitos adversos.

Preço do colírio – a embalagem com 5 ml de colírio Timolol tem um valor aproximado de R$ 12,00 reais.

Colírio Lumigan

Lumigan é mais um colírio para Glaucoma que vamos encontrar no mercado. Esse medicamento age como redutor da pressão aumentada dentro do olho.

Substância ativa – cada ml (30 gotas) de Lumigan contém 0,3 mg Bimatoprosta.

Como usar o colírio – em geral, a dose recomendada é de 1 gota de colírio ao dia no olho a ser tratado. Porém, o correto é seguir as recomendações do oftalmologista.

Efeitos adversos – em geral esse medicamento é bem aceito pelo organismo, mas mesmo assim, pode ocorrer complicações como:

  • Vermelhidão nos olhos
  • Escurecimento da pele ao redor dos olhos
  • Crescimento e escurecimento dos cílios
  • Secura ocular
  • Ardor nos olhos
  • Sensação de corpo estranho no olho
  • Dificuldades de enxergar
  • Coceira nos olhos
  • entre outros efeitos adversos.

Colírio Ganfort

Ganfort é mais um colírio para Glaucoma que pode ser recomendado pelos médicos. Esse medicamento contém duas substâncias que agem como redutores da pressão intra-ocular e seus efeitos podem ser sentidos assim que aplicado.

Substância ativa – cada ml de colírio contém:

  • 0,3 mg de Bimatoprosta
  • 6,8 mg de Maleato de Timolol

Como usar esse colírio – a dose geralmente recomendada pelos médicos é de 1 gota sobre o olho afetado ao dia. Tome todo cuidado possível para não contaminar o frasco do colírio, evite encostá-lo na lateral dos olhos.

Efeitos adversos – entre os efeitos adversos que esse colírio poderá apresentar, destacamos:

  • Ardor nos olhos
  • Coceira nos olhos
  • Secura ocular
  • Sensibilidade anormal à luz
  • Inflamação das pálpebras
  • Sensação de corpo estranho nos olhos
  • Inflamação da córnea
  • Vermelhidão nos olhos
  • Escurecimento da pálpebra
  • Dificuldades para enxergar
  • Lacrimejamento
  • Crescimento excessivo dos pelos
  • Dor de cabeça
  • Rinite alérgica
  • entre outros efeitos

Contra-indicações – o colírio Ganfort é contra-indicado para pessoas que apresentem alguma sensibilidade aos componentes da fórmula. Além disso, não é recomendado para pessoas com doenças respiratórias reativas como a Asma Brônquica, doença pulmonar obstrutiva crônica e ainda para pessoas que apresentam complicações cardíacas.

Preço desse colírio – o frasco com 3 ml do colírio Ganfort tem um preço bem elevado, pois pode chegar a custar até R$ 115,00 reais.

Leia também:

Remédio e Pomada para Blefarite Indicação de Tratamento


Colírio para Conjuntivite ( Tratamento ) Indicações


Remédio antiinflamatório para Nervo Ciático Inflamado ( Tratamento indicado )


Antiinflamatório para Artrite Reumatóide, Nomes, Tratamento


Remédio para Rinite Alérgica, Tratamento que não Falha