Adesivos anticoncepcionais, Marcas e Preços, Conheça e aprenda usar

Olá, vamos falar de Adesivos anticoncepcionais, conhecidos também como patches que nada mais são do que um material aderente à pele onde fica por 1 semana.

Este é um método contraceptivo que chega a prevenir a gravidez em até 99% quando são usados de maneira correta.

Esta é uma maneira mais cômoda de se proteger contra a gravidez através destes adesivos transdérmicos, que devem ser colocados sobre a pele, o que livra a mulher de ter que tomar o comprimido todos os dias.

Aqui vamos falar um pouco sobre esse método de evitar a gravidez e sua eficácia, efeitos colaterais, marcas e nomes, e também a maneira correta de uso deste medicamento, justamente para você que ainda não sabe direito como funciona.

O que é Adesivo anticoncepcional?

O adesivo contraceptivo é tipo um esparadrapo que deve ser aderido a pele e é carregado de doses de hormônios.

Este  tem como função ir liberando os hormônios progesterona e estrogênio gradual e continuamente ao organismo da mulher, e estes através da pele conseguem entrar na corrente sanguínea, impedindo assim a liberação do óvulo pelos ovários ao mesmo tempo em que tornam o muco cervical mais denso ou espesso, o que impede que o esperma fecunde o óvulo.

O adesivo é basicamente idêntico a pílula e se diferencia somente pela via de administração, garantindo a mesma eficácia.

Este é composto de 3 camadas, sendo que a primeira é resistente e protege contra o efeito da água, a parte intermediária que é onde estão depositados  os hormônios e a camada adesiva que é destinada justamente a fixação na pele.

Como Usar?

Não existem segredos para o uso deste adesivo que aliás facilita muito a vida das mulheres, deixando-as mais seguras. Então:

  • O adesivo deve ser aplicado na pele preferencialmente no primeiro dia do ciclo menstrual;
  • Este dia deve ser marcado com atenção, pois a cada 7 dias o adesivo deverá ser trocado;
  • É importante saber que o efeito deste contraceptivo só será efetivo a partir do 7º dia da sua aplicação, por isso, é importante começar no primeiro dia da menstruação;
  • Este adesivo tem uma excelente capacidade adesiva, e portanto, não sairá com facilidade, sendo que até na praia, sauna e banhos, você não precisará se preocupar;
  • O adesivo deve ser usado durante 3 semanas seguidas e na 4ª semana a mulher deverá ficar sem adesivo a semana toda, após 7 dias de pausa, usar o adesivo novamente;
  • Normalmente é nessa semana sem adesivo que a menstruação irá descer, porém nem todas as mulheres terão a mesma reação do organismo.

Dica: O adesivo pode ser aplicado em várias parte do corpo desde que a pele esteja limpa e seca. Entre os locais costumeiros temos a nádega, coxa, parte interna do braço, abdômen ou tronco.

Nunca queira aplicar nos seios ou próximos destes, pois os hormônios dispensados no local poderão causar dores mamárias, as conhecidas mastalgias.

Para quem é indicado esse formato de Anticoncepcional?

  • Para mulheres que não se adaptam a outros anticoncepcionais;
  • Para quem deseja algo mais prático, evitando esquecer;
  • Para mulheres que não se adaptam com outros métodos contraceptivos.

Adesivo Evra

Trazendo como princípios ativos o etinilestradiol e o noregestrolmina, este contraceptivo vem numa embalagem com 3 adesivos, 1 para cada semana e vai liberando os hormônios para o corpo da mulher.

Se usado corretamente tem a capacidade de prevenção contra a gravidez de 99,7%.

Em mulheres com peso acima de 90Kg este contraceptivo pode não ser tão eficaz, e essa questão deve ser conversada com o médico.

O seu uso deve ser feito exatamente como descrito acima, respeitando horários e prescrição do seu médico.

Os efeitos colaterais deste adesivo mais comuns são:

  • Dor de cabeça
  • Dor mamária
  • Náuseas
  • Trombose
  • Retenção de líquidos

Mas podem existir outros efeitos e reações que devem ser lidos com atenção na bula e a qualquer sintoma recorrer ao médico.

O preço deste anti pode variar entre 73,00 e 99,00 reais em lojas online.

Eficácia dos Adesivos anticoncepcionais

Como já foi comentado, a eficácia dos adesivos para evitar a gravidez pode chegar a 99,7% quando estes forem usados corretamente.

Efeitos Colaterais de Curto e Longo prazo

De maneira geral os efeitos colaterais dos Adesivos anticoncepcionais são apresentados:

A curto prazo

  • Dores de cabeça
  • Náuseas
  • Alterações de humor
  • Sensibilidade nos seios
  • Aumento  do fluxo menstrual
  • Pequenos sangramentos fora de época
  • Ausência de menstruação durante alguns ciclos
  • Reação alérgica no local do adesivo
  • Cólicas menstruais

A longo prazo

  • Câncer de mama
  • Problemas cardíacos
  • Trombose
  • Problemas vasculares cerebrais

Marcas, Nomes e Preços

Existem 2 marcas  de adesivos que são comercializados. Além do Evra ainda temos:

Adesivo Lisvy – Adesivo transparente em formato circular que traz uma menor liberação hormonal. Porém este anticoncepcional está impedido de ser comercializado uma vez que apresenta problemas com a cola do mesmo, sendo ainda liberado somente em alguns países europeus.

O preço do Evra já foi comentado acima.

Como você já percebeu, a disposição dos adesivos ainda é bastante limitada no mercado, e basicamente podemos contar com 2 marcas e 1 delas ainda com comercialização interditada.

Então, o que acontece é que ainda é uma maneira bastante restrita, o que afirma que se não conseguir o Evra da Johnson & Johnson, aqui no Brasil, pelo menos não tem outra alternativa adesiva que possa substituir.

Mas, a não ser pelo conforto e comodismo, pode ficar tranquila que o adesivo faz o mesmo efeito de pílulas e outros contraceptivos hormonais.

Então é isso, agora você já está a par dos resultados obtidos pelos Adesivos anticoncepcionais, e também os cuidados que precisa tomar, seus efeitos colaterais, como usar e sua eficácia.

Quais as Vantagens do Adesivo Anticoncepcional?

Existem vantagens para quem pode adotar esse tipo de contraceptivo, e além de ser muito prático temos outras como:

  • É extremamente eficiente;
  • Oferece praticidade ao colocar e retirar;
  • Oferece a tranquilidade de você mulher não precisar lembrar de tomar o contraceptivo todo os dias;
  • Evita a interrupção na atividade sexual, uma vez que não haverá restrições.

E as Desvantagens de seu uso

Mas, como tudo na vida, também tem os seus contras, ainda mais em se tratando de um método não comum. Veja:

  • Fica visível;
  • Poderá se soltar da pele e cair;
  • Você vai ter que estar atenta ao número de semanas em que está usando o adesivo;
  • Pode causar prurido na pele no local onde é colocado o adesivo;
  • Em algumas mulheres podem surgir efeitos colaterais como mau humor ou alteração de humor e também cefaleias;
  • Poderá causar aumento de peso;
  • Poderá desregular os ciclos menstruais;
  • Apesar de raro, pode acontecer de algumas mulheres apresentarem trombose ou coágulos;
  • Pode também acontecer ataque cardíaco e acidentes vasculares cerebrais;
  • Não protege de maneira algumas contra doenças sexualmente transmissíveis.

Mulheres diabéticas, obesas, com hipertensão, fumantes entre outras devem evitar o uso prolongado deste contraceptivo assim como de outros métodos hormonais também.

Onde colar na pele? E se descolar, O que fazer

Bom, existem alguns pontos do corpo que são mais adequados para adesivar este contraceptivo, podendo ser opção:

  • Na parte inferior do abdômen
  • Na parte superior do braço
  • Nas costas
  • Nas nádegas

Este adesivo deve ficar por uma semana no local, quando deverá ser substituído por outro.

Deve ser trocado 1 vez por semana durante 3 semanas, completando 21 dias. para ser mais exato, troca-se a cada 7 dias.

Na 4ª semana deverá ser feita a pausa de 7 dias, e o ciclo menstrual deverá começar justamente nessa pausa.

Após essa semana, deverá repetir todo o procedimento novamente.

Importante: Em casos em que o adesivo se soltar, o que é muito raro e acontece apenas em 3% dos casos,  é necessário consultar o Folheto de Informações a Pacientes que acompanha o produto.

Normalmente quando este se solta em menos de 24 horas da troca, e não tem mais cola adesiva, o ideal é trocar por outro, mas como tem prazo de menos de 24 horas, poderá ser trocado no dia que deveria ser, e pronto.

Mas se as dúvidas persistirem, o mais correto é buscar informações com um profissional da saúde para não correr o risco de surpresinhas desagradáveis.

Outros remédios Cortam os efeitos do Adesivo?

Existem sim alguns medicamentos que podem cortar ou diminuir  o efeito dos contraceptivos, entre eles temos alguns tipos de:

  • Os antibióticos com rifampicina ou rifabutina;
  • Os anticonvulsivantes – especialmente topiramato, primidona, fenobarbital, fenitoína, carmapazepina, oxcarbazepina;
  • Os antirretrovirais usados no tratamento do HIV como nevirapina, efavirenz, ritonavir e nelfinavir ;
  • Os barbitúricos como – fenobarbital, pentobarbital, tiamilal, barbital, tiopental entre outros;
  • Os anabolizantes – como são a base de hormônios masculinos, podem cortar o efeito dos anticoncepcionais.

Relatos de Mulheres que utilizam o método

Existem muitos relatos de mulheres que adotaram este tipo contraceptivo adesivo e acabaram se dando muito bem. Para exemplo citamos o que a própria autora do blog  Daiane Ferreira fala sua experiência até chegar ao uso deste anticoncepcional. Veja:

Daiane conta que durante muito tempo usou outros métodos contraceptivos, especialmente o injetável. Mas com o passar do tempo começou a sofrer os efeitos colaterais, entre eles, uma dor insuportável na parte inferior da barriga, e esta era tão intensa que basicamente não conseguia nem caminhar direito.

Por conta disso, ela procurou sua ginecologista a qual lhe alertou de que era pelo uso prolongado que estavam acontecendo os efeitos colaterais. E que a cada 2 anos a mulher deve fazer exames para saber sobre o efeito do contraceptivo no seu organismo.

Daiane trocou de anticoncepcional, partindo agora para o adesivo, mais especificamente o Evra, e recebeu e seguiu todas as orientações necessárias da sua médica.

Após 2 meses ela achou que sua vida mudou completamente, pois já não sentia mais nada daquelas dores e efeitos terríveis que sentia antes.

Depois de 3 anos usando o contraceptivo adesivo, ela está muito satisfeita e conta que o método super funciona e o recomenda  para mulheres que ainda não experimentaram, mas que estão em busca de algo melhor.

Super recomendado para mulheres que estão em busca de um contraceptivo que seja mais prático, extremamente eficiente e que não traga tantos efeitos colaterais como outros, entre eles as pílulas e injetáveis.

Claro que como já falamos, este é um produto que traz os mesmos riscos que outros meios contraceptivos no que se refere a danos a saúde, e é por isso que deve ser sempre receitado por um bom médico e a mulher deve estar atenta a todas as reações contrárias ao seu organismo.

Então agora você já sabe muito sobre os Adesivos anticoncepcionais que aparecem em diferentes marcas, sabe das vantagens e desvantagens, e dos cuidados que precisa ter ao decidir usá-lo.

Mesmo assim, use-o somente sob orientação médica, pois esta é a maneira mais correta e segura de usar qualquer medicamento ou contraceptivo. Está certo?

Leia também: