Dieta Cetogênica, Cardápio, Alimentos, Como fazer

A Chamada Dieta Cetogênica, nada mais é do que uma dieta que já tem muito tempo de história e foi criada não como dieta emagrecedor,  mas sim como uma maneira de tratar Doenças neurológicas ou mais especificamente a epilepsia.

Ao surgir medicamentos específicos para convulsões, a dieta deixou de ser usada, e hoje é usada como meio emagrecedor, grande ganho de massa muscular e ainda  com positivos resultados no tratamento de outras doenças como:

  • Câncer, colesterol alto, hipoglecemia, dores de cabeça, fadiga, Mal de Alzeimer, doenças do coração, Mal de Parkinson, Acne, lesões cerebrais, Sídrome de Ovários Policísticos, Diabetes e outras.

Mas seu maior uso é ainda para conquistar o emagrecimento, a perda de peso, a queima adiposa e o aumento da massa muscular.

O que é…

A Dieta Cetogênica é um tipo de dieta que leva o organismo a condição de cetose, que é quando o organismo passa a queimar a gordura que recebe como fonte de energia, no lugar do açúcar.

A dieta baseia-se em diminuir radicalmente o consumo de carboidratos e aumentar o consumo de gorduras e proteínas. O que acontece é que o organismo terá que gastar mais energia para queimar as gorduras e proteínas do que os carboidratos, aumentando sua taxa metabólica basal.

Composta basicamente de 75% de gorduras boas como óleo de côco, oleaginosas e abacate, a dieta permite a ingestão de 15 a 20% de proteínas e entre 5 a 10% de carboidratos.

O que não Pode Comer

O que não pode comer enquanto estiver fazendo essa dieta são todos os carboidratos simples, ou seja, especialmente os de fácil absorção, como as massas em geral, arroz branco, açúcar, pães brancos, biscoitos, alimentos industrializados, e doces em geral.

O que deve comer

Bom entre os alimentos liberados para este tipo de dieta, podemos contar:

Prioritariamente com gorduras boas, encontradas em fontes como:

  • Côco
  • Abacate
  • Castanhas
  • Oleaginosas – amendoins, castanhas, nozes

Os carboidratos devem ser de baixo teor glicêmico como:

  • Batata doce, por exemplo

E ainda outros alimentos como:

  • Carnes vermelhas
  • Frango
  • Peixes
  • Ovos
  • Azeite de oliva
  • Óleo
  • Maionese
  • Gelatina
  • Chás sem açúcar
  • Requeijão
  • Manteiga
  • Verduras de folhas escuras como brócolis, couves, espinafre também alface
  • Queijos
  • Embutidos – peito de peru
  • Iogurtes naturais
  • creme de leite

Dieta Cetogênica para 1 semana

Confira um cardápio de alimentos para a Dieta Cetogênica e tire suas dúvidas quanto a essa dieta:

Café da manhã

1º dia -2 ovos mexidos com manteiga +1 fatia de mamão+ 1 fatia de queijo minas.

2º dia – 1 banana amassada+ 1 colher de sementes de girassol+ 2 fatias de queijo assado com peito de peru.

3º dia – 1 ovo cozido+sementes de gergelim + 2 fatias de queijo fresco .

4º dia – 2 ovos mexidos com manteiga + 2 fatias de peito de peru.

5º dia – 3 ovos mexidos com cebolinha e salsinha a vontade + 2 colheres de gordura de côco.

6º dia – 4 claras+ 2 fatias de queijo de búfala +5 castanhas de caju.

7º dia – Vitamina de: 1/4 de abacate + 200 ml de leite de amêndoas ou de arroz + 1 colher de sobremesa de mel + 1/2 limão + 1/ colher de sobremesa de chia

Almoço

1º dia – 200 gr de filé de salmão grelhado com crosta de linhaça dourada com molho shoyo e mel + aspargos refogados + 1 colher de sobremesa de óleo de macadâmia.

2º dia – 200 gr de filé de frango + molho natural de tomate + 2 fatias de queijo mussarela de búfala + batata baroa com salsinha + 1 colher de sopa de sementes de girassol.

3º dia – Filé de peixe grelhado acebolado + aspargos refogados em 1 colher de manteiga + 6 nozes + 1 colher de sopa de óleo de abacate.

4º dia – 250 gr de filé mignon grelhado e 1 colher de sopa de azeite e 1 colher de sobremesa de orégano + brócolis e aspargos refogados em 1 colher de manteiga e alho.

5º dia – Suflê de atum com brócolis.

6º dia – Lasanha de abobrinha com carne moída ao molho caseiro de tomate com manjericão + 1 colher de sobremesa de azeite.

7º dia – 250 gr de filé de salmão ou tilápia grelhado + salada de alface lisa, 3 nozes inteiras, 3 colheres de sopa de abacate + molho com 1 dente de alho, 1 colher de sopa de azeite, 1 pitada dfe pimenta do reino, 1/ limão, 1 colher de sopa de vinagre de maçã e azeite balsâmico.

Jantar

1º dia –  200 gr de filé de frango grelhado com alho poró + salada com 1 maçã, 8 pistaches sem casca, 5 castanhas de cajú, 1 colher de sobremesa de passas, 100 gr de folhas mistas, 1 colher de sopa de óleo de macadâmia.

2º dia – omelete com 3 ovos, palmito, alho poró e salsinha + 1 colher de queijo cottage + 2 colheres de sopa de brócolis cozido + 1 colher de azeite.

3º dia – 200 gr de filé de frango grelhado com 1 colher de azeite + molho com 2 colheres de sopa de mostarda dijon, 2 colheres de chá de mel, 1 colher de chá de pimenta do reino, 1 colher de sopa de azeite + mix de folhas verdes com azeite e vinagre balsâmico.

4º dia – Hamburguer de frango grelhado + palmito grelhado com manteiga, sal grosso e alecrim.

5º dia – Sopa de frango.

6º dia – Cogumelos refogados com cebola e shoyo daimaru + mix de folhas verdes com 2 colheres de sopa de sementes de girassol.

7º dia – 1 lata de atum + 3 colheres de abacate + mix de folhas verdes com 1 colher de sopa de azeite.

Emagrece quanto?

Essa dieta contribui muito para o emagrecimento, justamente porque reduz drasticamente e subitamente a ingestão de carboidratos.

Todos sabemos que os carboidratos são fontes de energia para o corpo, e é por intermédio destes que se consegue a glicose.

Neste caso, no lugar dos carboidratos, é preciso que o organismo retire energia de outras fontes, e neste caso, a reserva de gordura corporal  se faz essa fonte que então começa a ser queimada, e consequentemente se dá o emagrecimento.

No entanto, é preciso tomar cuidado, pois além de emagrecer, essa dieta também promove a liberação dos chamados corpos cetônicos que são substâncias importantes e quando liberadas em excesso, acabam causando enjôos e náuseas.

*Lembre-se também de que esta dieta poderá provocar a perda ou desiquilíbrio de nutrientes no organismo e portanto deve ser cuidadosamente orientada por um médico nutricionista.

Leia também: