Jejum Intermitente, Como fazer, Será que Emagrece (Dicas)

Muita gente hoje em dia está preocupada em perder peso, não apenas por conta dos cuidados com a beleza estética, mas também para recuperar a saúde que por vezes, a muito tempo, já não é mais a mais recomendada para viver feliz.

Para alcançar esses objetivos, muitas são as promessas oferecidas com tipos de regime e medicamentos através da mídia, mas bem sabemos, que poucos apenas oferecem os melhores resultados.


Entre as opções para esses regimes, podemos citar o Jejum Intermitente do qual vamos agora tecer alguns comentários para torná-lo mais conhecido, pois quem sabe, você poderá aproveitá-lo se acaso necessitar.

O que é Jejum Intermitente

O jejum conhecido por Intermitente é um método para emagrecer que tem a finalidade de fazer com que o corpo utilize o estoque de gordura para produzir energia e com isso, perder massa muscular. Para que isso aconteça, o indivíduo deve intercalar períodos de jejum com períodos de alimentação.

Quando Fazer e Porque

Na verdade, quando se pensa em um regime para emagrecer, é claro que esse deve ser feito por pessoas que se encontram com um peso além do que é recomendado para a saúde. Porém, mesmo para pessoas que não estão acima do peso, se bem planejado, ele também vai ser útil, pois os benefícios vão muito além do sucesso com o emagrecimento.

Por isso, uma pessoa saudável poderá adotar o regime usando o método de 16 horas, por exemplo, pois esse é mais fácil de ser levado a sério e a pessoa não precisa fazer tantos esforços.

Jejum Intermitente Emagrece?

Esse tipo de regime emagrece, com certeza e isso acontece por razões bem diversas, tais como:

  • O fato de jejuar faz com que o indivíduo tenha menos refeições, o que contribui para a redução no consumo de calorias,
  • Esse regime também favorece uma alteração nos níveis hormonais no corpo, mais um motivo para que aconteça a perda de peso,
  • Com o jejum, também os níveis de insulina caem no organismo enquanto que os níveis do hormônio do crescimento se elevam o que faz com que o corpo libere mais a Noradrenalina, um hormônio que ajuda a queimar a gordura no corpo,
  • Com esse regime, o indivíduo ingere menos calorias  e força o corpo a queimar mais gordura estocada para produzir energia, o que vai fazer com que a pessoa emagreça de fato.

Como Fazer

Existem vários métodos para se fazer esse regime do jejum para emagrecer, mas é preciso levar em conta as dificuldades que cada método pode exigir e também as necessidades reais de quem irá fazê-lo. Para isso, é importante buscar pelo aconselhamento de um profissional da saúde que recomendará o melhor método.

Um dos métodos mais práticos para fazer esse regime é o Jejum diário quando o indivíduo fica 16 horas sem se alimentar enquanto que as outras 8 horas ficam livres para a alimentação. Nesse caso, a melhor ideia é almoçar e jantar dentro dessas 8 horas e então, no restante do tempo jejuar.

Outros métodos

  • Jejum de 24 horas – nesse caso, o jejum corre por 24 horas sem interrupção e durante esse tempo, pode-se ingerir água e chás sem açúcar ou adoçante. Passado esse tempo, o indivíduo pode se alimentar novamente, sempre com o cuidado para não se alimentar demais e sempre com opções em alimentos nutritivos.

Esse regime deve ser feito 2 vezes durante a semana.

  • Jejum de 36 horas – assim como os demais tipos de regime para emagrecer, esse regime deve ser acompanhado por um nutricionista ou outro profissional da saúde. Para esse método, o indivíduo fica 36 horas sem se alimentar, usando apenas a água pura ou chás sem açúcar ou adoçante e pode ser feito 2 vezes na semana.

Existem ainda outros métodos para o Jejum Intermitente, mas os citados acima são os mais recomendados e mais fáceis de fazer.

O que Comer Após longas horas sem Alimento

Quando fazemos um regime para emagrecer ficando muito tempo sem se alimentar, o organismo aciona um mecanismo que promove a compulsão alimentar e, nesse caso, o indivíduo fica sujeito a comer demais e alimentos pouco nutritivos a partir do momento que começa a se alimentar.

Por isso, é importante se policiar e fazer o regime com cautela. O organismo não pode sofrer pelo fato de não se alimentar e o mais importante em qualquer situação de regime para emagrecer é se alimentar com alimentos saudáveis e bem combinados entre si.

Além disso, após o período sem se alimentar, coma devagar e com moderação, preferindo alimentos leves à princípio que favorecem a digestão e não embotam o estômago.

Alguns alimentos que podem ingeridos após o jejum:

  • Batatas cozidas,
  • Sopas,
  • Purês,
  • Carnes magras grelhadas ou cozidas,
  • Ovo cozido,
  • Saladas,
  • Legumes,
  • entre outros alimentos que favoreçam uma digestão sem muito trabalho para o aparelho digestivo.

Quem não Deve Fazer

O jejum denominado Intermitente não deve ser feito por pessoas que sofram com algum tipo de doença mais severa, tais como:

  • Hipertensão,
  • Insuficiência renal,
  • Anemia,
  • Pressão baixa,
  • Pessoas com diabetes,
  • Pessoas que precisam usar remédios controlados todos os dias,
  • Mulheres grávidas ou que estejam amamentando
  • Crianças e adolescentes,

Também é importante lembrar que mesmo as pessoas saudáveis não devem simplesmente adotar o Jejum Intermitente com um determinado método e começar a fazer. Antes de tudo é importante buscar por conselhos de um profissional de saúde que conheça o método para emagrecer para avaliar a situação de saúde do paciente antes de recomendar o melhor jeito de fazer a dieta.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 4

Jejum Intermitente, Como fazer, Será que Emagrece (Dicas)